Roteiro de crítica da inscrição estadual - TOCANTINS


Volta a página anterior

Volta ao Menu Principal


Desenvolvido por DORNELLES, Carlos Alberto - Analista de Sistemas - Brasília DF. - cad_cobol@hotmail.com

Roteiro de crítica da inscrição estadual - TOCANTINS

Cálculo da Inscrição Estadual

Aplica-se o cálculo "módulo 11" com os algarismos 1,2,5,6,7,8,9,10 da Inscrição Estadual, criando o "11º" que é o dígito verificador.

Os dígitos "3" e "4" não entram no cálculo, porém podem assumir somente os seguintes valores:

01 = Produtor Rural (não possui CGC)

02 = Industria e Comércio

03 = Empresas Rudimentares

99 = Empresas do Cadastro Antigo (SUSPENSAS)

Exemplo: 29 01 022783 6

2

9

0

1

0

2

2

7

8

3

6

p
r
i
m
e
i
r
o
s
e
g
u
n
d
o
n
ã
o

e
n
t
r
a
n
ã
o

e
n
t
r
a
t
e
r
c
e
i
r
o
q
u
a
r
t
o
q
u
i
n
t
o
s
e
x
t
o
s
é
t
i
m
o
o
i
t
a
v
0
d
í
g
i
t
o

9

8

-

-

7

6

5

4

3

2

-

SOMA I = ( ( PRIMEIRO * 9) + (SEGUNDO * 8) + (TERCEIRO * 7) + (QUARTO * 6) + (QUINTO * 5) +  (SEXTO * 4) + (SÉTIMO * 3) + (OITAVO * 2) )

Divisão modal da "SOMA I" por "ONZE"

Se o resto da divisão for menor que dois, dígito = zero.

ou se o resto da divisão for maior ou igual a dois, dígito = onze menos o resto

No exemplo:

170 = (2 * 9) + (9 * 8) + (0 * 7) + (2 * 6) + (2 * 5) + (7 * 4) + (8 * 3) + (3 * 2)

170 / 11 = 15 -----» resto = 5 (pois 15 x 11 = 165)

5 > 2

portanto

Dígito = 11 - 5 ou seja dígito = 6


© Copyright Sintegra