Roteiro de crítica da inscrição estadual - ACRE


Volta a página anterior

Volta ao Menu Principal


Desenvolvido por DORNELLES, Carlos Alberto - Analista de Sistemas - Brasília DF. - cad_cobol@hotmail.com

Roteiro de crítica da inscrição estadual - ACRE

Fórmula do cálculo do dígito verificador da inscrição estadual (módulo 11)

Formato: 11 dígitos + 2 dígitos verificadores

Os primeiros dois dígitos são sempre 01

Exemplo: Inscrição Estadual 01.004.823/001-12


Cálculo do primeiro dígito verificador

Atribui-se um peso a cada dígito, excluindo os dígitos verificadores, seguindo a ordem abaixo:

0 1 0 0 4 8 2 3 0 0 1

4 3 2 9 8 7 6 5 4 3 2 pesos

Cálculo:

(4 x 0) + (3 x 1) + (2 x 0) + (9 x 0) + (8 x 4) + (7 x 8) +

(6 x 2) + (5 x 3) + (4 x 0) + (3 x 0) + (2 x 1) = 120

O resto da divisão entre o resultado da operação acima 120 e o módulo 11 é igual a 10

Calculamos 11, que é o módulo, menos 10, resultado obtido acima, dá igual a 1 que é o primeiro dígito verificador.

Caso a diferença for 10 ou 11, o primeiro dígito é 0.


Cálculo do segundo dígito verificador

Atribui-se novamente um peso a cada dígito, incluindo o primeiro dígito verificador calculado acima, seguindo a ordem abaixo:

0 1 0 0 4 8 2 3 0 0 1 1

5 4 3 2 9 8 7 6 5 4 3 2 pesos

Cálculo:

(5 x 0) + (4 x 1) + (3 x 0) + (2 x 0) + (9 x 4) + (8 x 8) +

(7 x 2) + (6 x 3) + (5 x 0) + (4 x 0) + (3 x 1) + (2 x 1) = 141

O resto da divisão entre o resultado da operação acima 141 e o módulo 11 é igual a 9

Calculamos 11, que é o módulo, menos 9, resultado obtido acima, dá igual a 2 que é o segundo dígito verificador.

Caso a diferença for 10 ou 11, o segundo dígito é 0.



© Copyright Sintegra