DB2 - Exemplos simples - VALUES



Desenvolvido por DORNELLES Carlos Alberto - Analista de Sistemas - Brasília DF. - cad_cobol@hotmail.com

DB2 - Exemplos simples - VALUES - Db2 for z/OS Versão 12

A instrução VALUES fornece um método para invocar uma função definida pelo usuário a partir de um gatilho.
Variáveis de transição e tabelas de transição podem ser passadas para a função definida pelo usuário.

The VALUES statement provides a method for invoking a user-defined function from a trigger.
Transition variables and transition tables can be passed to the user-defined function.

Invocation- Invocação

Esta instrução só pode ser usada na ação disparada de um gatilho básico.
This statement can only be used in the triggered action of a basic trigger.

VALUES seguido por uma referência de sequência é uma cláusula de valores, que é uma forma de seleção completa.
Para obter informações sobre a chamada da cláusula de valores, consulte fullselect.

VALUES followed by a sequence-reference is a values-clause, which is a form of fullselect.
For information about invocation of the values-clause, see fullselect.

Authorization - Autorização

A autorização é necessária para qualquer expressão usada na instrução.
Para obter mais informações, consulte Expressões.

Authorization is required for any expressions that are used in the statement.
For more information, see Expressions.

Syntax - Sintaxe

Description - Descrição

VALUES
Especifica uma ou mais expressões. Specifies one or more expressions.
If more than one expression is specified, the expressions must be enclosed within parentheses.

expression
Qualquer expressão do tipo descrito em Expressões.
A expressão não deve conter uma variável de host.
Any expression of the type described in Expressions.
The expression must not contain a host variable.

As expressões são avaliadas, mas os valores resultantes são descartados e não são atribuídos a nenhuma variável de saída.
Se uma função definida pelo usuário for especificada como parte de uma expressão, a função definida pelo usuário será chamada.
Se um SQLCODE negativo for retornado quando a função for chamada, o Db2 interromperá a execução do gatilho e reverterá todas as ações disparadas que foram realizadas.

The expressions are evaluated, but the resulting values are discarded and are not assigned to any output variables.
If a user-defined function is specified as part of an expression, the user-defined function is invoked.
If a negative SQLCODE is returned when the function is invoked, Db2 stops executing the trigger and rolls back any triggered actions that were performed.

Example - Exemplo

Crie um after trigger EMPISRT1 que invoque a função definida pelo usuário NEWEMP quando o gatilho for ativado.
Uma operação de inserção na tabela EMP ativa o gatilho.
Passe variáveis ??de transição para o novo número de funcionário, sobrenome e nome para a função definida pelo usuário.

Create an after trigger EMPISRT1 that invokes user-defined function NEWEMP when the trigger is activated.
An insert operation on table EMP activates the trigger.
Pass transition variables for the new employee number, last name, and first name to the user-defined function.

   CREATE TRIGGER EMPISRT1
      AFTER INSERT ON EMP
      REFERENCING NEW AS N
      FOR EACH ROW
      MODE DB2SQL
      BEGIN ATOMIC
         VALUES(NEWEMP(N.EMPNO, N.LASTNAME, N.FIRSTNAME));
      END