COBOL - DATA DIVISION - FILE SECTION



Desenvolvido por DORNELLES Carlos Alberto - Analista de Sistemas - Brasília DF. - cad_cobol@hotmail.com

COBOL - DATA DIVISION - FILE SECTION
Enterprise COBOL for z/OS, V4.2, Language Reference

A file section deve conter um indicador de nível para cada arquivo de entrada e saída:

  • Para todos os arquivos, exceto os arquivos de SORT/MERGE, a file section (seção arquivo) deve conter uma entrada FD.
  • Para cada arquivo de SORT ou MERGE, afile section deve conter uma entrada SD.
file-name
Deve seguir o indicador de nível (FD ou SD) e deve ser o mesmo que o especificado na cláusula SELECT associada.
o file-name deve aderir às regras de formação de uma palavra definida pelo usuário; pelo menos um caractere deve ser alfabético.
O file-name deve ser exclusivo dentro deste programa.

Uma ou mais entradas de descrição de registro devem seguir o file-name.
Quando mais de uma entrada de descrição de registro é especificada, cada entrada implica uma redefinição da mesma área de armazenamento.

As cláusulas que seguem o file-name são opcionais e podem aparecer em qualquer ordem.

FD (formats 1, 2, and 3)
A última cláusula na entrada FD deve ser seguida imediatamente por um período separador (ponto).

SD (format 4)

Uma entrada SD deve ser gravada para cada arquivo de sort ou merge no programa.
A última cláusula na entrada SD deve ser seguida imediatamente por um período separador.

O exemplo a seguir ilustra as entradas da seção de arquivo necessárias para um arquivo de sort ou merge:

       SD  SORT-FILE.

       01  SORT-RECORD  PICTURE X(80).

Um registro na file section deve ser descrito como um item de grupo alfanumérico, um item de grupo nacional ou um item elementar da classe alfabética, alfanumérica, DBCS, national ou numérica.

Define todos os arquivos de entrada e saída

file-description-entries - FDE - Descrição dos arquivos
  • Representa o mais alto nível de organização na FILE SECTION.
  • Ele fornece informações sobre a estrutura física e identificação de um arquivo e fornece os nomes de registro associados a esse arquivo.
  • Deve seguir o indicador de nível FD ou SD (SORT ou MERGE) e deve ser o mesmo que especificado na cláusula SELECT associada.
data-description-entry - DDE - Descrição dos dados
  • Um conjunto de entradas de descrição de dados que descrevem os registros particulares contidos em um determinado arquivo.
  • Um registro na FILE SECTION deve ser descrito como um item de grupo alfanumérico, um item de grupo national ou um item de dados elementares de classe alfabética, alfanumérica, DBCS, national ou numérica.
  • Mais de um record-description-entry pode ser especificado; cada uma é uma descrição alternativa da mesma área de armazenamento de registros.
  • As áreas de dados descritas na FILE SECTION não estão disponíveis para processamento, a menos que o arquivo que contém a área de dados esteja aberto.
  • Um método FILE SECTION pode definir apenas arquivos externos.
  • Um único conector de arquivo de nível de unidade de execução é compartilhado por todos os programas e métodos que contêm uma definição de um determinado arquivo externo.


© Copyright IBM Corp.